No artigo de hoje vamos abordar o conceito de células de produção inteligentes e como podem diminuir os custos e aumentar a produtividade no processo de manufatura e linhas de montagem das indústrias.
Boa leitura!

Conceito de células de produção inteligentes

Com os contínuos avanços na tecnologia aplicada em automação industrial e, principalmente, com a queda do custo de novas tecnologias, foi possível estabelecer um novo conceito na elaboração dos projetos destinados à indústria.
Este conceito é baseado em células inteligentes de produção, no qual a intervenção humana é mínima ou quase nula. E que vem se tornando cada vez mais presente nas linhas de produção, como a base do sucesso da indústria 4.O.

As células de produção inteligentes são capazes de reduzir os custos de produção, aumentando a qualidade e produtividade de forma muito significativa.

Células inteligentes presentes na realidade das indústrias

Embora as células inteligentes pareçam algo intangível, muito caro, ligado à inteligência artificial e distante da realidade da maioria das empresas, o conceito é justamente o oposto.
E pode SIM estar presente em QUALQUER EMPRESA que necessite modernizar seus processos de produção. Mesmo empresas as que não têm altos recursos de investimento. E nesse quesito, o objetivo é justamente, viabilizar máquinas autônomas com o menor custo possível e que gerem maior lucratividade.

Isso é possível, porque o conceito não se restringe somente às tecnologias mais caras e de última geração. Na verdade, se baseia na utilização de TODOS os recursos disponíveis no mercado relacionados à tecnologia de automação industrial, e quanto mais simples for o projeto, melhor será o resultado final.

Portanto, as células inteligentes podem já fazer parte do dia a dia de qualquer empresa, até mesmo as de pequeno porte.

Para qual tipo de indústria se aplicam as células inteligentes?

A utilização de células de produção, é voltada principalmente para empresas que não possuem um volume de produção suficiente para justificar uma linha de produção complexa. Assim, cria um ambiente que une os benefícios de máquinas autônomas, reduzindo os custos de mão de obra, mas com investimentos mais facilmente absorvidos. E que permitem a modernização gradativa, porém contínua rumo a indústria 4.0. Inclusive, sobre indústria 4.0, especificamente, se você quiser se aprofundar mais no assunto, recomendo também ler o post Automação Industrial: A evolução tecnológica das linhas de produção.

Entre as tecnologias que integram a inteligência das máquinas autônomas, estão presentes os robôs, sistemas de visão, sensores, acesso remoto, comunicação entre máquinas, informação na nuvem e processadores de última geração.
Com tantas tecnologias à disposição, o desafio é utilizar somente o que for estritamente necessário para tornar as máquinas especiais confiáveis e autônomas.

A customização das maquinas para cada processo, é o segredo para otimizar os investimentos e maximizar os lucros gerados pela a automação plena dos processos de produção.

Quando uma célula é considerada inteligente?

Para uma célula de produção, linha de montagem ou simplesmente uma máquina individual ser considerada inteligente, deve atender aos seguintes requisitos:

  • Não necessitar de operadores nas máquinas
  • Garantir 100% a qualidade de produção
  • Suprir a produção estabelecida
  • Possuir rotinas de auto diagnóstico de falhas
  • Armazenar todos os dados de produção
  • Manter comunicação online com outros postos da fábrica
  • Permitir o acesso remoto

Redução operadores nas máquinas

A Redução de mão de obra nas células e linhas de produção, deixou de ser somente uma estratégia de administração, e se tornou uma necessidade vital para qualquer empresa se manter competitiva.
Isso se deve ao fato que o custo da mão de obra possui impacto direto e muito forte nos custos de fabricação dos produtos.

Com isso, a redução dos custos proporcionada pelas células inteligentes é percebida imediatamente após o processo de automatização industrial. O que justifica de forma clara os investimentos para sua implantação.

Além da redução dos custos com salários, ainda ocorre a redução de acidentes de trabalho, danos causados esforços por repetitivos, e outros problemas ocupacionais. Isso traz, benefícios e segurança para os colaboradores, e a diminuição de custos indenizatórios e legais.

Aumento de postos de trabalho qualificados

Embora a automação industrial desperte receio por parte de alguns colaboradores das indústrias, em relação à perda de postos de trabalho na indústria, na prática. isto não ocorre.

As empresas que investem em células de produção inteligentes, tendem a ter crescimento contínuo, o que incentiva o aumento de postos de trabalho, e com o benefício de ser serem postos mais qualificados.

Garantia de 100% de qualidade

Existem outros fatores que justificam a automação das linhas de produção para tornarem autônomas e inteligentes. Entre os principais está a melhoria da qualidade dos produtos.
No ambiente da era digital, a boa reputação das empresas pode deixar de existir do dia para noite quando erros de qualidade se tornam frequentes. E isso pode acontecer até com as grandes corporações com marcas consolidadas. Dessa forma, a única alternativa de eliminar este risco, é retirar dos processos de produção o fator de interferência humana, suscetível às falhas.

O segredo da qualidade total

A repetibilidade é o segredo para a qualidade total das empresas. E máquinas especiais inteligentes, fazem esta tarefa com perfeição, produtividade, com baixíssimos índices de refugo. E traz um diferencial competitivo, que jamais seria alcançado com processos manuais.
Argumentos não faltam para implantar células inteligentes em empresas de pequeno, médio e grande porte, basta contar um projeto bem feito.

Como ter sucesso na implantação das células inteligentes

Para garantir o sucesso e os resultados esperados, o projeto precisa ser elaborado e implantado por empresas de automação qualificadas com expertise no assunto.
Só um fornecedor qualificado pode oferecer os benefícios que só a tecnologia aplicada na automação industrial pode gerar. É fortemente aconselhável estudar o fornecedor a ser contratado para a elaboração do projeto de implantação de células inteligentes na sua empresa.

Conclusão

Como vimos, as células de produção inteligentes são a base para o sucesso da indústria 4.0. E são altamente acessíveis a qualquer tipo e porte de indústria. Isso devido ao fato ter como principal benefício a produtividade e redução de custos, sem a necessidade de investimentos astronômicos. Pelo contrário, quanto mais simples o projeto melhor será o resultado.

Também vimos que, ao contrário do se se pensa, as células inteligentes não acabam com os empregos na indústria, e sim, elimina operadores de máquinas para dar espaço aos profissionais mais qualificados. Representa, assim, uma evolução também para o trabalhador.

Enfim, as células de produção inteligentes são o futuro das empresas que desejam se manterem competitivas no mercado e sobreviverem nos próximos anos. Por isso, quem começar agora já estará um passo à frente!

Por Marco Falchi – Sócio-diretor da Elco indústria

Se você gostou do post ou tem alguma dúvida, deixe seu comentário ou entre em contato conosco.

Share This